20070626

Ainda Tabuaço

E como prometido, cá está novo post sobre Tabuaço.
Enquanto vagueavamos pelas suas ruas, deparamo-nos com este parque, que na altura achei bastante sinistro... Cheio de cruzes, bastante sombrio (talvez fosse da hora, aproximava-se o Pôr-do-Sol)e ao lado do cemitério. Reparei num sinal que indicava o nome do parque, mas, peço desculpa, não o decorei.
[Parque Abel Botelho - Tabuaço]

Ao completar a nossa volta, acompanhadas de um cão que por lá também passeava,deparamo-nos com um quadro que indicava que haviam dois afloramentos com gravuras rupestres (aqui também informa que são as gravuras do Calvário, o que explica todas as cruzes do parque).

[Quadro informativo]

Encontramos os dois afloramentos, mas como não conseguimos identificar nada correspondente à explicação. Demos mais uma volta ao parque na esperança de haver mais afloramentos. Foi em vão...


[Afloramentos com gravuras rupestres]

Assim, demos uma segunda oportunidade aos afloramentos e reanalizamo-los. Não consegui identificar todas linhas, mas dá para ver algumas. Se quiserem tentar aqui estão as fotos para se divertirem! :)


[Em cima: Afloramento maior; em baixo: Afloramento de menor dimensão]

Não se esqueçam de clicar nas imagens para ampliar e boa sorte!

{Fotos: Tombalina}

3 comentários:

alopes disse...

O nome do parque é Abel Botelho. Escritor natural desta vila.

Tombalina disse...

Obrigada pela informação. :)

Sérgio O. Marques disse...

Já estou a ver que fotografia cai nas boas graças de muita gente, comigo incluído. A única diferença é que eu não tenho máquina fotográfica.
Reparei que já há muito tempo que nada metes aqui. Vamos lá a meter umas fotografias nem que seja, desta vez, de um livro de física das partículas.